Portal do Governo Brasileiro

Contextualização do programa

A macro região onde está situado o Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul (CESNORS) vinculado à Universidade Federal de Santa Maria, abrange cerca de 400 municípios nos três estados da região Sul do Brasil. Com uma área de 130 mil Km², essa região, excluindo o Paraná, possui uma população ao redor de três milhões e quinhentos mil habitantes. Considerando a micro região do Médio Alto Uruguai, sob o ponto de vista geográfico, econômico e cultural, é onde vive uma parcela significativa da população envolvida com a produção agrícola fundamentando a importância deste Programa. Essa região compreende aproximadamente 30 municípios localizados ao Norte do estado do Rio Grande do Sul, onde se insere uma população de 183.884 habitantes, sendo assim distribuída: 43,85% residentes no meio urbano e 65,15% no meio rural. Com uma média de 18,7 hectares na grande maioria dos módulos rurais, possuindo 26.072 estabelecimentos rurais e uma renda per capita de R$ 4.986,00.

Dentro do projeto atual do Governo Federal, a criação de Centros Educacionais e a Expansão das Universidades têm, como propósito, a interiorização no Brasil da Educação Nível Superior. Esta ideia concorda com o próprio propósito da UFSM na criação do CESNORS, haja visto, que a mesma foi a primeira Universidade no Brasil a ser criada fora do eixo das Capitais. De acordo com o primeiro parágrafo, a UFSM vem atuando na Região Norte - Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e também na Região Oeste do Estado de Santa Catarina através dos cursos de Agronomia, Engenharia Florestal, Jornalismo, Enfermagem, Administração e Zootecnia implantados no ano de 2006 na região com a criação do CESNORS. Pode-se observar que a região tem um caráter agrícola importante e com uma característica peculiar sustentada na grande maioria pela pequena propriedade rural.

Neste contexto, a região de abrangência do CESNORS/UFSM, vem ganhando espaço e destaque, pela possibilidade de muitos filhos de produtores concretizarem seus estudos no ensino superior e, uma vez inseridos em atividades no meio rural, contribuem para o desenvolvimento regional.

No que tange a Pós-graduação, há um campo vasto a ser explorado na região de atuação do CESNORS, já que o Estado não atua como incentivador na busca de ciência e tecnologia com foco em atender às demandas regionais. Neste sentido, o Mestrado em Agronomia -Agricultura e Ambiente tem como objetivo gerar ciência e tecnologias que atendam à demanda regional, focando estudos nestes ambientes de produção - pequenas propriedades rurais - a fim de criar condições e dar alternativa para o incremento da renda familiar na pequena propriedade, e, consequentemente a permanência do pequeno produtor na atividade.

O Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente para o CESNORS se baseia na utilização da estrutura já existente, construída através do projeto FINEP, processo no 01.07.0613-00. Quanto ao corpo docente do Programa, todos possuem titulação de Doutor e apresentam potencial para o desenvolvimento de ciência e tecnologia nas suas respectivas áreas do conhecimento.

Com uma base já consolidada, na UFSM existe desde 1971, um Programa de Pós-graduação em Agronomia e um Programa de Pós-graduação em Ciência do Solo desde 2003, os quais contribuíram para a formação de inúmeros profissionais dentro das Ciências Agrárias, inclusive um percentual considerável de profissionais que hoje atuam neste Programa.